História alternativa Wiki
Advertisement
Éfeso
—  Município da Runcália  —
Éfeso delimitação
País Runcália
Fundação 10 a.C.
População (2023) 5,000,000 hab.
 - Gentílico efésio(a)


Éfeso é uma cidade runcalesa e uma das cidades mais antigas do mundo, com uma fundação que remonta ao período neolítico. O nome Éfeso referia-se somente ao centro urbano que fora capital do Reino Arzawa no seculo XIII a.C. em uma planície, mas dez séculos mais tarde os gregos expandiram o território e fundaram uma colônia da cidade a norte e nordeste, no Monte Theológos. Já depois, especialmente depois de Cristo, Éfeso passou a se referir e a incluir também o territorio de sua costa oficialmente. Durante a Antiguidade Pós-Helenística, a cidade abrigou o rei Ptolomeu XII do Egito e foi privilegiada pelo reinado romano de Augusto, tendo tornado-se a sede do governo provincial da Ásia Proconsular e também a cidade mais importante do Império Romano, depois da própria Roma.

Éfeso tem principalmente um planejamento em camadas sobre colinas, com uma confluência arquitetônica de elementos clássicos greco-romanos, góticos e mudéjares.

Eventos como a Guerra Sassânida e a Peste Justiniana no século VII diminuíram drasticamente a população efésia, que passou a ser praticamente substituída por imigrações de cristãos principalmente escravizados por islâmicos e que vinham como refugiados de diversas partes costeiras da Europa.

Esses colonos ocuparam principalmente a região costeira de Éfeso.

Advertisement