História alternativa Wiki
Advertisement
Armênia
Հայաստանի
Linha do tempo: Universo 26
Flag of Armenia Coat of arms of Armenia
Bandeira Brasão
Lema: 
Մեկ Ազգ, Մեկ Մշակույթ
(Uma Nação, Uma Cultura)
Mapa da Armênia (Universo 26)
Capital
(e cidade mais populosa)
Erevã
Línguas oficiais Armênio
Grupos étnicos  Armênios (77%)
Azerbaijanos (19%)
outros (2%)
Religião Cristianismo (76%)
  • Ortodoxo (77%)
  • Católicos (1%)
Islamismo (19%)
outros (3%)
Governo República Semipresidencialista
 -  Presidente Hovhannes Petrosyan
 -  Presidente da Câmara dos Deputados Alen Simonyan
Estabelecimento
 -  Declarada 8 de dezembro de 1958 
 -  Segunda Independência 11 de agosto de 1999 
População
 -  2022 (estimativa) 2,5 milhões 
PIB (nominal) 2023 (estimativa)
 -  Total Aumento 14,1 bilhões ₳ 
 -  Per capita Aumento 5,842 ₳ (2021)
IDH (2023) Aumento 0,766 
Moeda Dram armênio
Cód. Internet .gg

A Armênia, é um país bicontinental localizado na região do Cáucaso, tendo 90% do território estando na Ásia (Ásia Ocidental) enquanto 10% na Europa. Sua capital e maior cidade é Yerevan e em 2019, o país registrou uma população de 2,100,000 de habitantes.

O primeiro registro do Estado da Armênia ocorreu em 1765, quando por meio das ordens do Czar, Nikolau III, foi estabelecido na Província da Armênia, que perdurou até a Guerra Civil Russa de 1958. A primeira república durou apenas 2 anos, quando acabou sendo invadida pelos russos em 1960, como parte do ''Plano Reintegração Nacional'' de Alexandrovitch. A Armênia passou quase 40 anos sob segundo domínio russo, até conseguiu conquistar sua independência e ser reconhecida pela União Socialista em agosto de 1999. Após a independência, o país passou por um longo regime autoritário sob o comando de Aram Sarkisian, que perdurou até a Revolução de Veludo, causada pela eleição fraudada de 2018. Sarkisian conseguiu ser derrubado e uma novo governo democrático e pro-ocidental foi estabelecido, terminando com última ditadura europeia. No final de 2021, foi realizado um referendo onde que 77% dos eleitores descreviam a Armênia como ''europeia'', o referendo acabou ajudando no avanço da Armênia para entrar na União Europeia, o que antigamente para muitos era difícil.

A Armênia é considerada como uma república semipresidencialista. O presidente é eleito pelo parlamento e tem um exercício representantivo, enquanto o primeiro-ministro, Aram Sarkisian, tem um poder administrativo considerado bem superior ao presidente. Comparado aos países europeus, a Armênia é considerada o país mais pobre da Europa, com uma expectativa de vida de 70 anos e um IDH inferior que a média de 802. Por conta da democracia recém criado e os casos de corrupção presentes por alguns políticos do país, o país é considerada perfeitamente como uma democracia frágil.

Advertisement