História alternativa Wiki
Advertisement
Felipe Vitarella
Linha do tempo: Histórias do Deelix
Felipe Vitarella (HdD)

3°. Presidente de Esplanada
1 de dezembro de 2019 - 4 de dezembro de 2020
Antecessor Paolo Reinbrecht
Sucessor Flávio Mirantes

Imperador de Esplanada
26 de outubro de 2019 - 9 de novembro de 2019
Antecessor Henrique III
Sucessor monarquia abolida

Informação pessoal
Nascimento 18 de abril de 1978
Estelina, Esplanada
Partido LPP
Religião Cristianismo
Pais Pai: Henrique III
Alma mater Instituto de Tecnologia
de Massachusetts
Profissão arquiteto
Tratamento S.A.R (1978-2019)
S.M.I (2019)
Exel. Pres. da República
(2019-2020)

Felipe Vitarella (Estelina, 18 de abril de 1978) é um arquiteto e político esplanadense. Foi o último Imperador do Império Esplanadense, governando por 14 dias a partir do assassinato de seu pai, Henrique III, durante os distúrbios pró-republicanos de 2019. Fruto do relacionamento seu pai com Anne Vitarella, uma cidadã comum, tornou se o primeiro na linha de sucessão ao trono após Henrique se casar com Anne.

Se formou arquiteto no Instituto de Tecnologia de Massachusetts. Durante sua vida como pretendente ao trono imperial, não participava com frequência das ações imperiais de sua família, a Casa de Bragança. Sempre foi um simpatizante do modo de governo republicano, embora não demonstrasse publicamente essa informação. Após sua ascendência ao trono em 2019, acelerou o processo da realização do referendo sobre o modo de governo, que ocorreu em 8 de novembro de 2019.

Foi eleito Presidente de Esplanada, por meio do Partido Verde, na primeira eleição presidencial convocada em 26 de novembro de 2019, com 52% dos votos, contra a candidata Cristina Fernandes, do Partido Trabalhista. Em 2020, fundou o partido LPP, por meio da fusão do PV e mais 3 partidos. Renunciou em 4 de dezembro de 2020. Um ano depois, renunciou a Casa de Bragança, devido aos seus pensamentos pró-republicanos. Foi novamente candidato a presidente do país em 2022, porém não alcançou o primeiro turno.

Advertisement