golpe no brasil 2013 foi um dos maiores golpes feito na historia do brasil tendo sido maior que o golpe de 64.

motivos[editar | editar código-fonte]

devido os protestos feitos no país acabou resultando em uma crise politica que não deu mais para controlar. a presidenta dilma rousseff não conseguiu acalmar a população que estava revoltada.

tentativa de golpe comunista[editar | editar código-fonte]

o povo estava a favor do PCR (Partido Comunista Revoluncionario) que estava a ponto de tomar o poder no governo para derrubar dilma. o PCR estava liderado pelo comunista ivan pinheiro que pretendia dar um golpe de estado com apoio de comunistas cubanos,chineses maoistas e norte coreanos. o apoio vinha da venezuela,FARC,laos,vietnam,bolivia e ecuador. todos estes socialistas comunistas apoiando pinheiro no poder. não só estes estavam o apoiando quase todos os partido comunistas dos paises. incluindo sendero lunimoso,partido comunista indiano e a organiazação comunista de el salvador.

a invasão[editar | editar código-fonte]

o exercito brasileiro entrou em conflito com petistas,comunistas e manifestantes o banho de sangue varria o brasil de norte a sul os olhos do mundo estavam voltados para o brasil

guerras terroristas[editar | editar código-fonte]

foi criada muitas organizações terroristas no brasil,

lista de organizações

MGA (movimento governo anonymous)

FIB (frente integralista brasileira)

GAB (governo anarquista brasileiro)

MJR (movimento joão revolta)

SCC (segundo comando da capital)

WP (white power)

FARB (forças armadas revoluncionarias do brasil)

MAH-NJ (movimento adolf hitler-nazismo já)

FFB (frente facista brasileira)

MPL (movimento passe livre)

ME (movimento eneas)

e o mais destacado PCR (partido comunista revoluncionario)

guerra[editar | editar código-fonte]

a ME,MJR e a FIB eram movimentos estendidos pelo rio grande do sul e são paulo e rio de janeiro a FIB entrava sempre em confilto com o MAH ,SCC,FFB e os militares e petistas havia ataques que se estendiam por todo o brasil

invasões[editar | editar código-fonte]

os militares invadiram o palacio do planalto prendeu o presidente renan calheiros e ao vivo no plantão da globo anunciaram prazo de 1 dia para dilma se retira de presidencia ou os militares iriam resolver tudo.

o golpe[editar | editar código-fonte]

dilma disse que daria a vida pelo governo. então o plazo acaba os militares invadem a embaixada cubana,palacio do planalto,supremo tribunal federal, e guerra nas faveras eram terriveis alias do SCC e FARB usarem rajada bombas e até bazookas e homens bomba, os militares prenderam dilma dentro do poprio escritorio foi preso tambem o vice michel temer, o ex-presidente lula, o ministro guido mantega, o ministro antonio patriota, o ministro aloisio mercadante, o presidente do supremo tribunal joaquim barbosa, e o senador henrique alves, o prefeito haddad, kassab, fernando henrique, zé dirceu, o governador sergio cabral e o governador geraldo alckmin e marina silva, e outros politico. e estava declarado o dissolvimento do partido dos trabalhadores junto com todos os partidos do brasil. ERA O FIM DA NOVA REPUBLICA.

vaga da presidencia[editar | editar código-fonte]

o ministro aecio neves declarou vaga a presidencia em dentro de 20 minutos.

enzo mperi o novo ditador do brasil[editar | editar código-fonte]

os militares promoveram o então ministro do exercito enzo peri indiretamente

atualidade[editar | editar código-fonte]

a guerra esta cada vez diminuindo mas o povo brasileiro ainda luta contra a ditadura enzo peri.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.