FANDOM


A história muda quando os Holandeses dominam o Noroeste da Bahia em 1643, então Portugal faz um acordo de paz com os holandeses e eles não se expandem mais.

Assim em 1645 Nassau é retirado do governo da Nova Holanda e ele sabendo que haveria uma insurreição, que ninguém cuidaria da região como ele e que a elite não queria pagar os empréstimos devidos aos holandeses, em 7 de setembro de 1645 Nassau assina a declaração de independência e faz um discurso na Cidade Maurícia no qual grita " Independência ou Morte "

No meio da guerra de independência o Brasil recebe ajuda da Inglaterra, querendo empobrecer os Países Baixos e de Portugal, que queria reconquistar as colônias que a Holanda tomou dele. Também os judeus de Nova Amsterdã fogem para a futura Nova York, porém alguns judeus(cerca de 30%) não conseguem fugir e são obrigados a lutar

Em 1649 a Holanda se rende e o Brasil, que recebeu navios e soldados britânicos, ficava com os territórios dominados, as antigas: Nova Holanda, Antilhas Holandesas e Guiana Holandesa

Nassau também dá ao povo uma monarquia parlamentarista e ensino público e gratuito das matérias: Gramática de Português, Matemática, Ciências Naturais, Filosofia, História, Geografia(que envolvia também agropecuária), Cartografia, Filosofia e Religião

E a língua decidida pelo parlamento foi português pela aliança com Portugal, para facilitar as trocas comerciais

O Brasil além de ter terras e a cana de açúcar mantém as refinarias e os judeus que ficaram e sobreviveram(como sempre) enriqueceram e prosperaram. Logo as terras agrícolas ampliam de tamanho pelo desenvolvimento, uso e incentivo de técnicas agrícolas. Porém o número de açúcar no mercado cresce tanto que o preço diminui e isso gera uma crise no Brasil e Portugal (o revendedor de açúcar na Europa e maior vendedor de escravos ao Brasil), porém ele controla regulando o preço mínimo do açúcar em cada país.

A crise já tinha acabado e a economia voltara a crescer, logo precisando aumentar as terras em 1697 é comprada a América Portuguesa, o governo passou a fazer aliança com alguns índios e atacavam outros, os aliados eram assimilados ao recebe do direito dos cidadãos(dentre ela ensino de português e agropecuária), porém os índios assimilados passaram a ser de além da linha de Tordesilhas. Também brasileiros passaram a tomar reduções jesuíticas na bacia platina e Amazonas.

O governo dominava na prática além do limite, então a tensão entre Brasil e Portugal acabou na guerra Brasil Espanhola, em 1732, na qual pelos brasileiros conhecerem o território e usarem táticas indígenas e de guerrilha, além disso eles tinham uma boa economia e manafaturas que produziam armas. Depois de 1757 a Espanha havia perdido o domínio de muitas terras e os brasileiros haviam se aliado a índios insatisfeitos com os espanhóis, também escravos foram libertos para lutar. Além disso a guerra estava cara, então a Espanha se rende e é feito o tratado de Nova Amsterdã, nela o Brasil ficava com os na nossa realidade:

Brasil, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Guiana Suriname, terras do norte chileno, terra peruanas à oeste do Acre.

A vitória sobre o império espanhol trouxe um aumento no sentimento e orgulho nacional, mas também muitos morreram na guerra e a economia ficou afetada. Após ela começou uma interiorização, tentativa de melhora na economia e atração de estrangeiros, principalmente europeus.

As empresas crescem com apoio do governo e surgem e crescem cassinos, bancos e manafaturas, que se espalharam para a costa oeste. Também houve um aumento na infraestrutura, porém já que 40% da população morreu na guerra e população continuou pequena. Então muitos índios foram mortos na expansão e cresceram os latifúndios na costa oeste, Uruguai e Paraguai.

Após um longo desenvolvimento e tentativa de interiorização a população estava distribuida e quase totalmente o território, porém a livre ainda era de poucos milhões e haviam inúmeras terras agrícolas pelo desenvolvimento, incentivo e uso de técnicas agrícolas. Diante de muitas terras agrícolas e uma população livre o Imperador Fernando de Nassau ¹ assinou um decreto em 1807,no qual haveria reforma agrária para os cidadãos livres que provassem não ter nenhuma propriedade ou que desse ao governo. Isso foi executado e a maior parte da população recebe as terras e dá ao governo suas casas. Com isso ele começa a atração de imigrantes europeus, que ao chegar na cidade recebia uma casa ou tinha que fazer a sua. Já as cidades pequenas e abandonadas foram demolidas, porém depois de certo tempo algumas pessoas passaram a voltar a morar alí

Já que os latifúndios acabaram os escravos não tinham mais utilidade, então foram libertos por outro decreto imperial, após a reforma acabar, em 1815. Porém isso gera uma crise econômica no Brasil, que só melhorou em 1850

Em 1808 o Brasil recebeu a família real portuguesa no RJ, pois ela havia se exilado da Ameaça Francesa. No mesmo ano os Brasileiros invadiram a Guiana Francesa foi invadida, anexada e assimilada. Porém ela só se exilou no Brasil em troca de direitos alfandegários

Depois o país mediu esforços para melhorar a economia, outra coisa foi o investimento em ferrovias e infraestrutura para unir as propriedades rurais. A exportação cresce e fica mais barata, alguns ramos que crescem relativamente são as indústrias, na maior parte provenientes de capital estrangeiro.

A crise se mantém até que pelas ferrovias, politicas econômicas e abertura do mercado ao capital estrangeiro acabam com o aumento da economia

Após a economia se recuperar o país voltou a investir ativamente na industrialização, infraestrutura, ferrovias, forças armadas e aumento do espaço agrário.

Depois vem o fim da Guerra Civil Americana os ex escravos são deportados para povoados agrícolas planejados brasileiros, neles as pessoas viviam normalmente pela subsistência coletavam o látex das seringueiras e plantavam mais ,porém eles eram próximos a ferrovias ou possuíam portos

Depois disso há o Ciclo da Borracha e alguns Brasileiros vão ao Amazonas, porém os povoados agrícolas planejados se tornam populares por darem acesso a direitos básicos como educação, saúde e voto, além de facilitarem a exportação. Assim o país continua o maior exportador de látex, por fato de depender de reservas autosuficientes planejados e não dependendo de coleta selvagem

O país no início do século XX continua crescendo até a grande depressão, quando isso acontece às empresas brasileiras se aproveitam e expandem sua diversidade econômica para atender a demanda nacional. No resto do século o país continua funcionando normalmente e na guerra fria se tornou um país neutro.

Em 1991 o país estava completamente ligado por trens, então o parlamento (na maioria de esquerda) decidiu refazer divisão dos latifúndios priorizando os mais pobres, isso causa uma crise econômica . Isso causa uma guerra civil, a Guerra Civil Brasileira, os revoltosos apoiados pelo monarca lutara de 1992 até 1997 e a Direita(nome do grupo) vence a guerra civil e é feita uma nova constituição, neoliberal e democrática onde o comunismo e partidos de esquerda são proibidos.

O Imperador Luiz Maurício de Nassau morre em 1999 e é substituído por seu filho Marco Luiz Fernando de Nassau, que consegue melhorar a economia, o exército e a influência política. Assim em 2002 a economia está recuperada e em 2017 o país ultrapassa o poderoso Estados Unidos, se tornando a maior potência mundial.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.