História alternativa Wiki
Advertisement


João VI (nome completo: João Maria José Francisco Xavier de Paula Luís António Domingos Rafael de Bragança; Lisboa, 13 de maio de 1767 — rio de janeiro, 10 de março de 1826), cognominado O Clemente, foi rei do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves de 1816 a 1822 (quando da instauração da república em Portugal resultou no fim do Reino Unido.) De 1822 em diante foi rei do Brasil até à sua morte, em 1826. Pelo tratado do rio de janeiro, assinado em 1825, Dom João se tornou imperador do Brasil. Título do qual ele nunca oficialmente se indentificou.

Retrato de D

Um dos últimos representantes do absolutismo, D. João VI viveu num período tumultuado, e o seu reinado nunca conheceu paz duradoura. Ora era a situação portuguesa ou europeia a degenerar, ora era a brasileira. Não esperara vir a ser rei, só tendo ascendido à posição de herdeiro da Coroa pela morte do seu irmão mais velho, D. José. Assumiu a regência quando a sua mãe, a rainha D. Maria I de Portugal, foi declarada mentalmente incapaz. Teve de lidar com a constante ingerência nos assuntos do reino de nações mais poderosas, notadamente a Espanha, França e Inglaterra. Obrigado a fugir de Portugal quando as tropas napoleônicas invadiram o país, no Brasil enfrentou revoltas liberais que refletiam acontecimentos similares na Metrópole, sendo compelido a retornar à Europa no meio de novos conflitos. Porém, o rei viu como uma grande humilhação retornar a Europa como um simples fantoche e então os portugueses se rebelaram e o depô-ram do trono e ofereceram a coroa ao rei espanhol Fernando VIII que então aceitou e anexou Portugal a Espanha. A perda de Portugal, porém, só foi aceita por Dom João em 1825, pelo tratado do rio de janeiro. Nele, as colônias portuguesas que agora estavam sob controle do reino do Brasil foram sedidas a nova união ibérica e o Brasil teve sua independência reconhecida. Após o tratado, Dom João passou a investir mais no Brasil e fortalecer relações diplomáticas do reino recém independente. João I do Brasil, acabou morrendo, vítima de um mau súbito em 10 de março de 1826. Seu filho, Pedro de Alcântara subiu ao trono como imperador Dom Pedro I do Brasil instalando reformas liberais no país. Após sua morte, Dom João tornou-se parte da cultura brasileira sendo representando em diversos temas. Enquanto em Portugal ele é visto com um traidor, no Brasil é visto com um herói fundador da nação e o criador do Império Brasileiro. Considerado por muitos como o grande visionário.

Advertisement