História alternativa Wiki
Advertisement
Império Mexicano
Linha do tempo: ParadoXus
Flag of the Second Mexican Empire (Imperial Banner) Coat of Arms Second Mexican Empire
Bandeira Brasão
Hino: 
Himno Nacional Mexicano
"Hino Nacional Mexicano"
Capital
(e cidade mais populosa)
Tenochtitlán
Línguas oficiais Espanhol
Nahuatl
Governo Monarquia constitucional federal parlamentarista
 -  Imperador Carlos I
 -  Primeiro-ministro Andrés Manuel López Obrador
EstabelecimentoIndependência sobre a Espanha
 -  Guerra de Independência 16 de setembro de 1810 
 -  Independência declarada 27 de setembro de 1821 
 -  Primeira constituição 4 de outubro de 1824 
 -  Independência reconhecida 28 de dezembro de 1836 
 -  Constituição atual 6 de agosto de 1961 
População
 -  2023 (estimativa) 118.331.596 hab. 
PIB (PPP) 2023 (estimativa)
 -  Total US$ 1,992 trilhão 
 -  Per capita US$ 16.835 
PIB (nominal) 2023 (estimativa)
 -  Total US$ 1,465 trilhão 
 -  Per capita US$ 12.386 
Moeda Peso mexicano

México, oficialmente o Império Mexicano, é um país na porção sul da América do Norte. Faz fronteira a noroeste com Sonora; ao norte com os Estados Confederados; ao nordeste com a República do Rio Grande; ao sul e oeste pelo Oceano Pacífico; a sudeste pela Guatemala e Iucatã; e a leste pelo Golfo do México. Possui uma população de quase 118 milhões de habitantes. É o país com o maior número de falantes da língua espanhola. O México está organizado como uma monarquia constitucional federal parlamentarista composta por 24 estados e o Distrito Federal, onde se localiza a sua capital, Tenochtitlán.

A história pré-colombiana do México começa com civilizações indígenas como os olmecas, maias e astecas, que floresceram entre 2000 a.C. e 1521 d.C. Os astecas estabeleceram o poderoso Império Asteca no século XIV, com sua capital, Tenochtitlán. No entanto, a chegada dos espanhóis, liderados por Hernán Cortés, em 1519, levou à queda do Império Asteca em 1521 e à colonização espanhola do México. Sob o domínio espanhol, o México se tornou parte do vasto Império Espanhol e experimentou séculos de colonização, opressão e exploração. Isso incluiu a exploração de minas, apropriação de terras indígenas e a imposição do catolicismo. Em 1810, o padre Miguel Hidalgo lançou o movimento de independência mexicana, marcando o início da Guerra da Independência do México. A independência foi conquistada em 1821, com Agustín de Iturbide se tornando imperador do Primeiro Império Mexicano. No entanto, o Primeiro Império foi efêmero, e o México passou por um período conturbado de conflitos internos e intervenções estrangeiras. A Guerra México-Estados Unidos resultou na perda de território mexicano, incluindo a Califórnia e o Texas, para os Estados Unidos. Posteriormente, o México enfrentou governos instáveis, incluindo a ditadura de Porfirio Díaz.

A Revolução Mexicana, iniciada em 1910, levou a uma luta prolongada por reformas sociais, políticas e econômicas. O líder revolucionário Emiliano Zapata e outros desempenharam papéis importantes nesse período. A Constituição Mexicana de 1917, estabeleceu princípios de justiça social e reforma agrária. O século XX testemunhou mudanças políticas significativas no México, com a formação do Partido Revolucionário Institucional em 1929, que dominou a política mexicana por décadas. No entanto, a transição democrática ganhou força nas décadas de 1980 e 1990, culminando na eleição de Vicente Fox em 2000, que quebrou o domínio contínuo do PRI na presidência.

O México enfrentou desafios econômicos, sociais e de segurança ao longo de sua história recente, incluindo a restauração da monarquia em 1961, pondo novamente a Casa de Habsburgo como a família imperial mexicana, a mudança de nome da Cidade do México para Tenochtitlán em 1970 e Guerra contra o Narcotráfico iniciada em 2006. Hoje, o México é uma nação diversa e dinâmica, com uma economia em crescimento e uma cultura rica que mescla influências indígenas, espanholas e modernas.

Advertisement