História alternativa Wiki
Advertisement


História[]

Era Colonial (1643 - 1931)[]

Pré-industrialização (1643 - 1795)[]

Em 1643, Maurício de Nassau consegue convencer aos seus superiores para não o removerem do cargo como Governador-geral da Colônia brasileira. Com o aproveito da vulnerabilidade de Portugal, é enviada pela segunda vez uma investida na cidade de Salvador em 1644, e como Portugal ainda estava fraco, a invasão foi bem sucedida. Em 1645, a capitania do Maranhão é derrubada e a capital da capitania do brasil foi movida para Rio de Janeiro, mas as tropas neerlandesas chegam e atacam a cidade. Portugal vendo que perdeu totalmente a sua colônia na América, faz um tratado de paz com os Países Baixos, assim é escrito o Tratado de Mauritsstad, toda colônia brasileira será entregue à República das Sete Províncias.

Maurício de Nassau faz a mesma coisa que ele fez no Nordeste, enquanto o governo traz emigrantes de outras colônias para povoar o Brasil, já que a população holandesa não era tão grande assim, o governo também incentivou a miscigenação entre os colonos e indígenas, para povoar a colônia, mas a população branca e europeia, mesmo sendo a minoria, era a mais poderosa, também os africanos que eram trazidos pra cá, eram escravizados para trabalharem nas lavouras de cana de açúcar. Durante o início da era colonial, houve um monte de leis implementadas, a colônia brasileira será misturada entre povoamento e exploração, principalmente em cana de açúcar.

Por volta de 1695 foi descoberto ouro em Minas Gerais, foi a partir daí que o governo holandês começou a se importar mais com a sua colônia (Enquanto Portugal chorava no banho), Ah! Maurício de Nassau falece em 20 de Dezembro de 1679, então o novo governador do brasil (O novo CEO da Companhia da América do Sul), se torna Rijckloff van Goens.

Em 1750 a metrópole começa a se industrializar, mas por conta dos tantos recursos e escravos que contém no Brasil, a industrialização ainda não chegou na colônia. Em 1795, onde, por conta das guerras napoleônicas, os holandeses perderam o domínio da África do Sul e os descendentes dos neerlandeses de lá fugiram para o sul do Brasil, onde havia uma temperatura parecida, e foi a partir daí onde começou a industrialização do Brasil, mas apenas da parte Sul, também foi assim que o Brasil deixou de ser uma colônia para uma província holandesa.

Província da Nova Holanda (1795 - 1931)[]

Por conta do alto-desenvolvimento na província, o Brasil chamou muito emigrantes de vários lugares do mundo, principalmente da Europa, que estava passando por muitas guerras, emigrantes italianos, britânicos, Franceses e Alemães vão pra lá para ter melhores condições de vida, porém eles iam para o Sul, Minas Gerais ou para a capital, Maurícia, e nas outras cidades, a maior parte da população era negra ou mestiça, sendo a população branca em minoria, só que sendo a dominante.

Em 1808, a família portuguesa foge para a Angola, e nesse universo, em 1822, a Angola se torna o país africano mais desenvolvido. Enquanto no Brasil, apenas pessoas Brancas de originalidade europeia e católicas (Cristãs e, principalmente, protestantes) podiam fazer parte na política, as outras raças e pessoas convertidas à outras religiões ainda não podiam fazer parte na política, mesmo que a população branca represente apenas 45% do estado.

Nieuw Holland (1931)[]

República Velha (1931 - 1961)[]

Em 1931, o Brasil tornou-se efetivamente independente da Holanda, com a promulgação do Estatuto de Mauritsstad. Em 1934, o Partido Democrático e o Partido Liberal se fundem para formar o Partido Nacional, buscando a reconciliação entre os europeus e os não-brancos. Em 1939, o partido se divide sobre a entrada do Pais na Segunda Guerra Mundial contra os Alemães, uma decisão que os seguidores do Partido Liberal se opuseram.

Em 1948, foi imposta uma lei chamada, que em guarani, era chamada de "Pe Wét Plomo rehegua", mas chamada oficialmente pelos brancos como "Apartheid". Em 1950 foi imposta a primeira pilastra, onde pessoas superiores à dezoito anos deviam ter um cartão de identidade que dizia qual era seu grupo racial, apenas brancos europeus tinham mais benefícios do que mestiços, indígenas e negros. Em 1949 foram proibidos os casamentos mistos. Em 1950 foi proibido que pessoas não-brancas morassem junto com pessoas brancas. Em 1953, a Lei de Reserva dos Benefícios Sociais determinou que locais públicos poderiam ser reservados para determinada raça, criando, entre outras coisas, praias, ônibus, hospitais, escolas e universidades segregados. Placas com os dizeres "apenas para brancos" tiveram seu uso difundido em locais públicos, incluindo até mesmo bancos de praças. Em 1956, a discriminação racial no local de trabalho foi formalizada.

Mas tudo começou a esquentar em 1950, com a repressão à resistência (Mas antes saiba que os brancos estavam mais concentrados na capital e na região Sul, e 56% da população não era considerada "branca", então a resistência era muito maior do que o governo pensava), após essa lei, houve o assassinato do prefeito de Saint Paulus, então um mistério ocorreu, mas as evidências não eram muito claras. Em 1961, o corre uma rebelião armada no interior do país, mas a rebelião não durou tanto, pois ela chegou em Mauritsstad e derrubou o primeiro-ministro e o presidente, o exército tinha chegado, mas já era tarde demais.

República Nova (1961)[]

É proclamada uma nova eleição presidencial e uma nova constituição, que na qual dizia que o r4cism0 era crime. A constituição é utilizada até hoje e, em 2021, Sonja Guajajara é eleita a primeira mulher indígena.

Atualmente[]

O Brasil (Nova Holanda) tem um IDH de 0,798, o PIB nominal e per-capita é parecido com o atual na nossa realidade, e a única diferença territorial é que as Guinas Inglesa e Holandesas estão em nosso território, pois, além de invadir apenas o Suriname britânico, por conta do brasil, a Holanda também conseguiu invadir a Guina Britânica.

Advertisement