História alternativa Wiki
Advertisement
Partido Trabalhista Brasileiro
Líder Eduardo Campos
Presidente Gleisi Hoffmann
Secretário-geral Carlos Lupi
Vice-presidentes Ciro Gomes
André Figueiredo
Luiz Inácio Lula da Silva
Presidentes de honra Getúlio Vargas
Leonel Brizola
Fundado em 15 de maio de 1945
Ala estudantil Estudantes do PTB
Ala juvenil Juventude Trabalhista
Ala feminina Ação da Mulher Trabalhista
Ala LGBT PTB Diversidade
Ala negra União dos Negros do PTB
Membros  (2022) 2.013.643
Ideologia Trabalhismo
Social-democracia
Progressismo
Nacionalismo brasileiro
Populismo de esquerda
Desenvolvimentismo
Socialismo democrático
Correntes:
Getulismo
Brizolismo
Socialismo moreno
Espectro político Centro-esquerda à esquerda
Afiliação internacional Internacional Socialista
Foro de São Paulo
COPPPAL
Grupo de Puebla
Cores      Vermelho
     Branco
     Preto
Governadores
4 / 27
Prefeitos
578 / 5 568
Senadores
15 / 81
Deputados estaduais
309 / 1 024
Deputados federais
74 / 513
Vereadores
5 311 / 56 810
Parlamento da Mercosul
12 / 158


O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) é um partido político social-democrata e trabalhista brasileiro de centro-esquerda. Fundado em 1945, pelo ex-presidente do Brasil Getúlio Vargas, para, segundo suas palavras, "servir de anteparo entre os sindicatos e os comunistas".

O Partido integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina, sendo o maior representante da esquerda brasileira, já elegeu 5 presidentes (o mais recente: Eduardo Campos) e 1 presidente que ascendeu ao cargo em função da linha sucessória (no caso o João Goulart). O ex-líder do partido Ciro Gomes (Entre 1997 a 2007), disse que ''o PTB representa todos os movimentos sociais no Brasil e as causas progressistas em toda a América Latina''. Sua proposta é fundamentada no pensamento de teóricos brasileiros como Alberto Pasqualini e San Tiago Dantas, no fenômeno social do sindicalismo brasileiro e na liderança política de Getúlio Vargas. Na nova fase, o trabalhismo do PTB comprometeu-se com o "socialismo democrático", anunciando em seu manifesto a "defesa da democracia, do nacionalismo e do socialismo".

Em seu programa, o PTB elegeu sete pontos prioritários de atuação: assistência à infância e aos jovens; defesa dos interesses dos trabalhadores, das mulheres, das populações negras, das populações indígenas e da natureza brasileira, contra a poluição e a deterioração do meio ambiente resultante da exploração predatória, e recuperação de concessões feitas a grupos estrangeiros que são consideradas pelo partido "lesivas ao patrimônio e à economia nacionais".

Advertisement