FANDOM


Imperial Cidade do Rio de Janeiro
Bandeira Brasão
Anniversario 1º de Março
Fundação 1º de Março de 1565 (453 annos)
Gentilico carioca
Padroeiro São Sebastião
Prefeito(a) Jair Bolsonaro (Partido Conservador)
Localização
Localização da Corte no Brazil
22° 04' 04" S 46° 34' 08" O
Provincia Municipio Neutro
Comarca não possui
Provincias limitrophes São Sebastião do Rio de Janeiro
Characteristicas geographicas
Area 1:200,177 km²
População 6:688:927 hab.
Densidade 5:573,28 hab./km²
Altitude 2m
Clima tropical atlantico Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,799
PIB R$ 785 158,85 mil IBGE/2015[5]
PIB per capita R$ 19 583,92 IBGE/2015[5]

Rio de Janeiro, officialmente, Imperial Cidade do Rio de Janeiro (frequentemente refferida simplesmente como Rio) é um municipio brazileiro, capital do Imperio do Brazil, situado no sudeste do paiz. Maior destino turistico internacional no Brazil, da América Latina e de todo o Hemisfério Sul,[10] a capital fluminense é a cidade brasileira mais conhecida no exterior,[11] funcionando como um "espelho", ou "retrato" nacional, seja positiva ou negativamente. É a segunda maior metrópole do Brasil(depois de São Paulo), a sexta maior da América e a trigésima quinta do mundo. Sua população estimada pelo IBGE para 1.º de julho de 2018 era de 6 688 927 habitantes.[4] Tem o epíteto de Cidade Maravilhosa e aquele que nela nasce é chamado de carioca. Parte da cidade foi designada Patrimônio Cultural da Humanidade, com o nome "Rio de Janeiro: Paisagem Carioca entre a Montanha e o Mar", classificada pela UNESCO em 1 de julho de 2012 e categorizada como uma Paisagem Cultural.[12][13]

É um dos principais centros econômicos, culturais e financeiros do país, sendo internacionalmente conhecida por diversos ícones culturais e paisagísticos, como o Pão de Açúcar, o morro do Corcovado com a estátua do Cristo Redentor, as praias dos bairros de Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca (entre outros), o Estádio do Maracanã, o Estádio Nilton Santos, o bairro boêmio da Lapa e seus arcos, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro, as florestas da Tijuca e da Pedra Branca, a Quinta da Boa Vista, a Biblioteca Nacional, a ilha de Paquetá, o réveillon de Copacabana, o carnaval carioca, a Bossa Nova e o samba.

Representa o segundo maior PIB do país[14] (e o 30º maior do mundo[15]), estimado em cerca de 329 bilhões de reais (IBGE/2016),[16] e é sede das duas maiores empresas brasileiras - a Petrobras e a Vale, e das principais companhias de petróleo e telefonia do Brasil, além do maior conglomerado de empresas de mídia e comunicações da América Latina, o Grupo Globo.[17] Contemplado por grande número de universidades e institutos, é o segundo maior polo de pesquisa e desenvolvimento do Brasil, responsável por 19% da produção científica nacional, segundo dados de 2005. Destaque para a Universidade Federal do Rio de Janeiro que publicou 5 952 artigos entre 1998 e 2002.[18] Rio de Janeiro é considerada uma cidade global beta - pelo inventário de 2008 da Universidade de Loughborough (GaWC).

A cidade foi, sucessivamente, capital da colônia portuguesa do Estado do Brasil (1621-1815), depois do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (1815-1822), do Império do Brasil (1822-1889) e da República dos Estados Unidos do Brasil (1889-1968) até 1960, quando a sede do governo foi transferida para a então recém construída Brasília.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.