FANDOM


Toy Story 2 (Toy Story 2: Em Busca de Woody, em Portugal) é um filme americano de animação, aventura e comédia de 1999, dirigido por John Lasseter e produzido pela Pixar Animation Studios em parceria com a Walt Disney Pictures. É a sequência de Toy Story, de 1995, e o segundo filme da franquia homônima. Na trama do enredo, Woody é roubado por um colecionador de brinquedos, fazendo com que Buzz Lightyear e seus amigos organizem uma missão para resgatá-lo; Woody, entretanto, é tentado pela ideia de viver para sempre em um museu. A película mantém a maioria dos personagens principais e dubladores do primeiro filme, incluindo Tim Allen, Tom Hanks, Don Rickles, Jim Varney, Wallace Shawn, Annie Potts, John Ratzenberger, Joe Ranft, John Morris e Laurie Metcalf, e também apresenta novos personagens, como Jessie, Barbie, Mineiro, Sra. Cabeça de Batata e Al, dublados, respectivamente, por Joan Cusack, Jodi Benson, Kelsey Grammer, Estelle Harris e Wayne Knight.

A Disney inicialmente imaginou Toy Story 2 como uma continuação a ser lançada diretamente em vídeo. A produção do filme começou em um prédio separado da Pixar e, de início, contou com poucos animadores, uma vez que era visto como um projeto de menor importância e a maior parte da equipe principal do estúdio estava trabalhando em A Bug's Life (1998). Quando o projeto se mostrou promissor, os executivos da Disney mudaram de ideia e decidiram que o filme seria lançado nos cinemas. A Pixar, no entanto, estava insatisfeita com a qualidade da obra naquela ocasião. Lasseter e a equipe criativa reconstruíram todo o enredo em um único fim de semana. Embora o desenvolvimento da maioria dos longas-metragens do estúdio levasse vários anos, a data de lançamento não pôde ser adiada e a Disney determinou um prazo de apenas nove meses para que a produção de Toy Story 2 fosse finalizada, levando a equipe de profissionais da Pixar a trabalhar sob intensa pressão. Apesar das dificuldades de produção, entre elas a perda acidental de quase todos os dados do filme dos computadores da Pixar, Toy Story 2 foi lançado em 24 de novembro de 1999 nos Estados Unidos e tornou-se um dos filmes de maior bilheteria daquele ano, chegando a faturar mais de 497 milhões de dólares em todo o mundo, superando a arrecadação de seu antecessor. Recebeu aclamação da crítica, com um raro percentual de 100% de aprovação no site Rotten Tomatoes. Considerado pela maioria dos críticos especializados como uma das poucas continuações cinematográficas que superam o filme original, é frequentemente mencionado nas listas de melhores filmes de animação de todos os tempos. A obra já foi disponibilizada diversas vezes em formatos caseiros e teve um relançamento em versão 3D nos cinemas em 2009, dez anos após seu lançamento original. Sua sequência, Toy Story 3, estreou em 2010 e também foi um sucesso comercial e de crítica. Toy Story 4, dirigido por Josh Cooley, está previsto para ser lançado nos cinemas da América do Norte em 21 de junho de 2019.

Enredo Editar

Andy vai passar férias em um acampamento, para o qual pretende levar Woody. Entretanto, ao brincar com Woody e Buzz Lightyear, o garoto acidentalmente rasga o braço do caubói de pano. Woody é colocado em uma prateleira e o menino parte sem ele. No dia seguinte, depois de ter um pesadelo no qual é jogado fora, o caubói encontra Wheezy, um pinguim de borracha que está abandonado há meses por estar com seu apito quebrado. A mãe de Andy coloca Wheezy em uma venda de usados e Woody o resgata, mas acaba sendo roubado por um ganancioso colecionador de brinquedos. Os outros brinquedos descobrem que o ladrão é Al McWhiggin, dono da conhecida loja Celeiro de Brinquedos do Al. Buzz, Porquinho, Sr. Cabeça de Batata, Slinky e Rex vão ao resgate de Woody. No apartamento de Al, Woody descobre que é um boneco raro derivado de um programa de TV dos anos 1950 chamado O Rodeio do Woody. Ele conhece a vaqueira Jessie, o cavalo Bala no Alvo e Mineiro (Pete Fedido), junto dos quais será vendido para um museu de brinquedos no Japão. Enquanto os outros não veem a hora de partir, Woody pretende voltar para Andy. Pete Fedido explica que o museu só se interessa pela coleção se ela estiver completa e, sem Woody, eles serão devolvidos ao depósito. O braço de Woody é completamente arrancado e ele tenta recuperá-lo e escapar enquanto Al está dormindo, mas sua tentativa de fuga é frustrada quando o aparelho de televisão é ligado e o colecionador acorda. O caubói culpa Jessie, ao encontrar o controle remoto na frente dela. Na manhã seguinte, o braço dele é consertado por um especialista em conserto de brinquedos. Woody descobre que Jessie também já teve uma dona, Emily, que posteriormente a abandonou e a entregou para doação. Pete Fedido alerta Woody que o mesmo destino o aguarda quando Andy crescer, enquanto que no museu eles durarão para sempre. Woody decide ir para o Japão. Enquanto isso, Buzz e seus amigos chegam à loja de Al. Buzz aciona um outro boneco Buzz, o qual não tem noção que é um brinquedo e prende o "verdadeiro" Buzz em uma caixa de papelão vazia. O boneco da loja se junta a Slinky e aos outros brinquedos, que o confundem com o Buzz que conhecem. Depois de descobrir o plano de Al, eles se dirigem ao apartamento dele, ao passo que o Buzz de Andy os segue e, acidentalmente, liberta um brinquedo do imperador Zurg, que passa a persegui-lo com a intenção de destruí-lo. Os brinquedos encontram Woody, Buzz junta-se a eles e prova ser o "verdadeiro" Buzz, mas o caubói se recusa a voltar para casa. Buzz lembra Woody que o verdadeiro propósito de um brinquedo é ser amado por uma criança, algo que ele nunca experimentaria em um museu, onde ficaria para sempre sendo apenas observado por visitantes. Depois de ver um menino brincar com ele no Rodeio do Woody, o caubói muda de ideia e pede para a turma do Rodeio voltar para casa com ele e os brinquedos de Andy. No entanto, Pete Fedido, que nunca foi amado e quer ir de qualquer maneira para o Japão, os impede, mantendo-os presos no apartamento. Neste momento, Al retorna, coloca a turma em uma mala e se dirige ao aeroporto. Os brinquedos de Andy saem à procura de Al, mas são apanhados por Zurg, que luta contra o "outro" Buzz e se revela o pai deste. Rex derruba Zurg de um elevador. O "outro" Buzz decide ficar para trás com Zurg. Acompanhados de três alienígenas de borracha, os brinquedos de Andy roubam um carro de entregas do restaurante Pizza Planet e seguem para o aeroporto, onde entram no sistema de tratamento de bagagens e encontram a mala de Al. Pete Fedido rasga o braço de Woody durante uma luta, mas os brinquedos de Andy o colocam na mochila de uma garotinha. Eles libertam Bala no Alvo, mas Jessie continua presa na mala e acaba no avião com destino ao Japão. Woddy, Buzz e Bala no Alvo resgatam Jessie; em seguida, os brinquedos conseguem voltar para casa.

Ao retornar do acampamento, Andy encontra Jessie, Bala no Alvo e os alienígenas e os aceita como seus novos brinquedos. Então, o garoto costura o braço rasgado de Woody. Al está chateado por não ter vendido a turma do Rodeio, ao passo que Wheezy revela que seu apito também foi consertado e agora ele consegue até cantar. Woody diz a Buzz não estar mais preocupado por Andy crescer e eventualmente deixar de brincar com ele, pois quando isso acontecer, eles ainda terão um ao outro como companhia.

Elenco Editar

Personagens
Personagem Dublagem EUA Dublagem BRA Dublagem POR
Buzz Lightyear Tim Allen Guilherme Briggs Paulo B.
Woody Tom Hanks Alexandre Lippiani
Jessie Joan Cusack Mabel Cézar Carmen Santos
Mineiro Kelsey Grammer José Santa Cruz Pedro Pinheiro
Sr. Cabeça de Batata Don Rickles Antônio Patiño
Sra. Cabeça de Batata Estelle Harris Carmem Sheila
Rex Wallace Shawn Marco Antônio Costa
Slinky Jim Varney Francisco José Carlos Macedo
Porquinho John Ratzenberger Renato Rosenberg Carlos Freixo
Al McWhiggin Wayne Knight Mauro Ramos
Mãe do Andy Laurie Metcalf Sheila Dorfman
Andy Davis John Morris Rodrigo Antas
Wheezy Joe Ranft (diálogos)
Robert Goulet (canções)
Cláudio Galvan (diálogos)</ref>
Marcelo Coutinho (canções)
Barbie Guia Jodi Benson Fabíola Martins Carla de Sá
Sargento/Sarge R. Lee Ermey Carlos Seidl
Geri Jonathan Harris Miguel Rosenberg
Betty (br)/Bo Peep (en/pt) Annie Potts Telma da Costa
Bala no AlvoBuster Frank Welker
Aliens
Sr. Spell
Jeff Pidgeon Marcelo Coutinho
Packy Phillipe Michael Sergio Muniz Ricardo Coelho
Zurg Andrew Stanton Renato Rabelo Flik (final) Dave Foley Marco Ribeiro Rui Luís Brás
Chucrute (final) Joe Ranft Garcia Júnior Paulo Oom

Vozes adicionais: Melise Maia, Ana Lúcia Menezes, Caio César, Indiane Christine, Izabel Lira, Marcelo Coutinho, Garcia Júnior, Duda Ribeiro.

Coral: Madja Daltro, Márcia Coutinho, Kika Tristão, Jurema de Candia, Fernanda Cappelli, Aline Cabral.

Créditos da dublagem brasileira:
Estúdio: Double Sound, RJ
  Mídia: Cinema/VHS/DVD/TV Paga/Televisão (Globo/Blu-Ray/Netflix/Telecine Fun/Megapix/TNT/Disney Junior/Disney Channel/Disney XD/HBO/Max/Cinemax)
Direção: Garcia Júnior
Tradução: Renato Rosenberg
Direção Musical: Marcelo Coutinho
Letrista: Renato Rosenberg
Gerente Senior de criação: Garcia Júnior
  Letra e Adaptação: Zé da Viola
Canções:
  "Rodeio do Woody": Marcelo Coutinho/Deco Fiori
  "Por Seu Amor": Fátima Regina
  "Amigo Estou Aqui": Marcelo Coutinho
  Versão Brasileira Produzida Por: Disney Character Voices International, Inc. (Brasil)

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.